Transporte Ativo

ze-transativo-veja

A partir dessa semana, a Camelo Urbano vai destacar nomes de organismos ligados ao movimento da bike que nos inspiraram e nos inspiram desde que começamos. Acreditamos que é sempre bacana divulgar e relembrar o trabalho de pessoas que acreditam na bicicleta e fazem ela acontecer nas cidades.

Para começar, vamos falar dela, a Transporte Ativo, e o protagonismo do Zé Lobo. Vale destacar que o trabalho deles começou em 2003, quando o assunto bike nem era modinha. Mas esses caras perceberam que existia uma grande lacuna a ser preenchida. Até existiam movimentos, ainda que vestigiais, no sentido de trazer a bicicleta para a vida dos brasileiros, mas eles eram mal coordenados. E o pior: não existia uma preocupação em educar os cidadãos. Obras eram feitas, ciclovias eram construídas, mas os habitantes da cidade não eram informados do que estava acontecendo, tampouco eram educados para usar essas ciclovias. Foi aí que a TA surgiu.

Já que havia tanta inércia e pouca vontade política pra educar a população, os membros da TA começaram a arregaçar as mangas e criar cartilhas, mensurar a quantidade de pessoas que andavam de bicicleta no Rio, lutar por mais ciclovias…