PARECE QUE O JOGO VIROU, NÃO É MESMO?

Captura de tela 2014-11-02 às 09.09.11

Tanto batemos aqui na tecla dos carros tomando lugar no trânsito, que agora teremos que morder a língua. Não que o espaço ocupado por uma bicicleta se compare a de um carro. O impacto ambiental nulo da bicicleta também deixa os carros no chinelo.

O que acontece é que na Holanda está rolando o boom das bicicletas “SUV”. Estamos falando de bicicletas com caixa na frente no guidão, cadeirinhas para crianças, e até mesmo reboques do tamanho de carrinhos de mão. De acordo com o jornal Telegraph, quase 40% das bicicletas holandesas estão maiores que o tamanho padrão. Esse aumento nas dimensões das bicicletas fez com que a população holandesa ficassem irritados com os ciclistas. Eles são vistos como egoístas por ocuparem muito espaço.

Medidas estão sendo tomadas para lidar com essa mudança, como a criação de vagas mais espaçosas em estacionamento de bike, assim como ciclovias mais largas. Só que esse “crescimento” das bikes não se classifica como um problema, por mais que a população se incomode. Esse incômodo pode ser contornado, mas nada pode ofuscar a constatação que os holandeses prefere as bicicletas aos carros. Se eles até precisam aumentar suas dimensões para comportar carga, crianças, etc, isso significa que a transição que almejamos está sendo feita.