Matando vários coelhos com uma bike só

Anualmente, mais de 13 refugiados chegam em Londres partindo do Oriente Médio, certos países da África e da Ásia. Londres é conhecida por receber bem o pessoal que vem do exterior, mas a burocracia é lenta e muitas vezes esses refugiados demoram muito tempo até ingressar no mercado de trabalho inglês e começar de fato uma nova vida.Captura de tela 2015-09-24 às 11.46.37

Enquanto essas pessoas não podem trabalhar, o governo britânico oferece a elas uma bolsa semanal de 36 libras e moradia temporária nos subúrbios da cidade. Embora esse valor dê conta de necessidades mais básicas, ele não cobre gastos com transporte público, por exemplo.

Para resolver esse problema e ainda de quebra oferecer possibilidade de trabalho para essas pessoas, a ONG The Bike Project, fundada por voluntários e refugiados já estabelecidos na cidade, recebe doações de bicicletas usadas e ensina o pessoal a consertá-las. Com isso, eles ganham um transporte gratuito, podem circular por onde bem entenderem e ainda ganham uma graninha extra consertando as bikes da cidade.

É pra aplaudir de pé!