Camelo Urbano Reflexões: Rio + Inteligente

Vista da Praia de Copacabana, incorporando mobiliario urbano, destinando espaços para atividades.
As calçadas são vias importantes numa cidade, sendo um bem de todos.  Afinal, em algum momento, todos nós assumimos o papel de pedestre. Elas são o principal acesso às edificações e aos meios de transporte. Os constantes problemas como condições de segurança e acessibilidade só podem ser superados com uma mudança radical de mentalidade.
Nos próximos anos, o aumento de turistas será muito grande e é imprescindível, por exemplo, que os prédios da cidade consigam adaptar as suas calçadas a lei da acessibilidade. 

Critico, às vezes de forma muito dura, por que os ciclistas  precisam de vias tranquilas na ida e vinda do trabalho, principalmente quando é preciso chegar até os serviços como as lojas, escolas, barbeiros e etc… Muito ainda tem que ser feito.  Apesar dos buracos e da falta de uma rede contínua, pois muitas das ciclovias foram projetadas apenas para às áreas de lazer. 

Diariamente eu vejo de perto os problemas que ocorrem nas ruas mais movimentadas do Rio, aonde ainda é permitida a circulação de carros e ônibus em alta velocidade, deixando o ciclista sem espaço. Que, para se proteger, se vê obrigado a pedalar pela calçada. E, por essa atitude, acaba sendo duramente criticado. 

Apesar do esforço realizado pela Prefeitura do Rio de Janeiro, ao assumir esse compromisso público de incentivar o uso da bicicleta. E, apesar do costume em torno do uso do carro e do pouco espaço existente nas ruas do Rio.

A cidade  precisa de mais e mais ciclovias construídas. Todas as ciclovias tinham que ter um piso de boa qualidade, bem tratado, sem buracos e ainda falta a instalação de bicicletários padronizados, na frente das lojas. Isto para que os ciclistas não se sintam obrigados a subir no passeio.

Por isso, os grandes avanços do “Programa Rio Capital da Bicicleta”, garantindo um aumento considerável da malha cicloviária da cidade, são muito importantes.

É fundamental também a criação de uma campanha de educação para que ciclistas e pedestres convivam em paz!